Inicial

O QUE ACONTECEU COM A CARACAL?

Deixe um comentário

Certa feita, um corajoso goiano foi até os Emirados Árabes, onde procurou informações sobre uma renomada fábrica de arma daquele país, a CARACAL. Viu então uma oportunidade de levar este fabricante para as terras tupiniquins, já que o CEO da CARACAL, Hamad Salem Al Ameri, mostrou-se interessado no mercado brasileiro. Assim, o empresário Paulo Humberto Barbosa retornou para Goiás e preparou o terreno para chegada da CARACAL no Brasil.

20180906_111022.jpg

Á minha esquerda Paulo Humberto Barbosa, CEO nacional da CARACAL e á direita, Hamad Salem Al Ameri, CEO mundial da empresa.

A intenção era produzir as armas da CARACAL aqui no Brasil e o futuro pátio fabril seria construído em Anápolis, uma cidade à 40 Km de Goiânia, que é onde se encontra também um porto seco, fato este que ajudaria muito a distribuição dos produtos. A notícia correu rápido e os preparativos também. A intenção era investir cerca de 500 milhões de reais na economia do Estado, gerando assim muitos empregos e dívisas para Goiás.

A Representação da CARACAL Brasil já estava pronta e então decidiram organizar um evento com a presença de Hamad Salem e onde também iriam disponibilizar várias armas da CARACAL, para que os convidados pudessem testa-las. Nós do 1911 ARMAS DE FOGO fomos convidados é lá fizemos vários vídeos atirando com as armas da CARACAL e particularmente achei-as muito boas, principalmente os fuzis de assalto no calibre 7.62 mm NATO e 5.56 mm NATO.

Segundo o site da CARACAL Brasil, a marca tem sua “sede em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos (EAU) é a principal fabricante de armas leves da região. Seu portfólio inclui a mais recente tecnologia para pistolas de combate 9mm de disparo por percussor (striker-fired), submetralhadora (SMG) 9mm nas versões: padrão, compacta e com supressor de ruídos, três plataformas de fuzis táticos e três fuzis modulares de precisão. Essas armas têm design original e foram criadas na própria empresa para serem empregadas por civis ou operadores policiais e militares.

Cada fase do processo de fabricação das armas é avaliada e mensurada observando-se padrões reconhecidos internacionalmente, como os da OTAN e CIP. Para alcançar isso, a Caracal reuniu especialistas da indústria de armas de fogo, desde o design até à fabricação, e desde as vendas até o treinamento de operadores. Esta renomada equipe mundial, trabalhando em conjunto com a nova geração de especialistas dos EAU, possibilita que a Caracal opere de maneira verdadeiramente profissional e receptiva.”

Não é a primeira vez que falamos da CARACAL aqui, já fizemos um vídeo mostrando suas armas que estavam sendo expostas no Rio de Janeiro, na LAAD 2017, onde inclusive entrevistamos o CEO brasileiro da empresa, Paulo Humberto Barbosa. Só clicar na imagem abaixo e conferir a entrevista.

E como forma de oficializar a CARACAL Brasil, seu dirigente fez a inauguração da pedra fundamental da fábrica, em Anápolis, com a presença do Governador do Estado e de várias outras autoridades.

A CARACAL Brasil representava uma possibilidade para aqueles que não queriam possuir uma arma nacional e, para muitos, era o começo do fim do monopólio das armas de fogo no Brasil.

E para atualizar nossos seguidores sobre como anda a CARACAL aqui em nosso país, semana passada o governo brasileiro promulgou um acordo feito com o governo dos Emirados Árabes, de 2014, onde firmaram um pacto de cooperação mútua no campo da defesa. O fato da CARACAL ser uma empresa estatal pede este tipo de formalidade legal, que demorou quatro longos anos para se concretizar.

Assim meus amigos, em breve teremos armas da CARACAL em solo nacional. Aos poucos as barreiras vão sendo derrubadas e é graças a empreendedores como Paulo Humberto Barbosa, que em breve teremos outras escolhas de armas no Brasil.

Se você gostou da publicação, aproveite para se inscrever em nosso Blog. Veja também o 1911 ARMAS DE FOGO em outras mídias sociais.
Instagram:
https://www.instagram.com/1911armasdefogo
Facebook:
https://www.facebook.com/1911armasdefogo
Youtube:
https://www.youtube.com/channel/UCiUp1MCDV-mV9lU0RBAvxSw
Muito obrigado a todos!

“In omnia paratus.”! 👊🗡🔫
Major Bruno.

CURSO DE CARABINA DA ARMALITE

1 Comentário

Continuando a nossa série de três publicações sobre a ArmaLite, vamos agora falar do curso de tiro que fizemos em Phoenix, no Arizona – USA, de altíssima qualidade, tanto pelas armas, quanto pelo gabarito dos professores.

Junto com minha esposa, Sargento Rhainna, fizemos uma viagem de três meses nos Estados Unidos, onde conhecemos muitos lugares interessantes e visitamos alguns fabricantes de armas de fogo, como a ArmaLite. Já falamos um pouco desta tão conhecida marca de fuzil – carabina -, na primeira publicação, intitulada de “ARMALITE, ONDE TUDO COMEÇOU!”. Se você quiser ver a primeira publicação desta serie de três é só clicar aqui. Caso queira saber como foi nosso tour de 18 mil quilômetros pelos Estados Unidos é só clicar aqui – 90 DIAS NOS STATES.

Intervalo para reidratar. Sol de 49°C.

A fábrica da ArmaLite fica na capital do Estado americano de Arizona, Phoenix, onde fomos recebidos pelo CEO da empresa, nosso tão receptivo amigo Gabriel, conhecemos as instalações da ArmaLite e também fizemos uma entrevista, na qual ele nos contou um pouco da história da marca.

Naquela ocasião, deixamos agendado um teste nas armas e equipamentos que a SAC produz. Mas, neste meio tempo, outra oportunidade imperdível surgiu, que foi um curso de tiro feito com as armas da ArmaLite e com um professor muito renomado no cenário da instrução de tiro policial naquele país. Claro que não perdemos a oportunidade!

O curso seria de dois dias e voltado especificamente para o uso de carabina para o trabalho policial. Infelizmente para os estrangeiros bem intencionados, muita coisa mudou nos Estados Unidos depois do atentado de 11 de setembro. Por exemplo cursos como esse que fizemos lá, agora só são disponibilizados para cidadãos americanos. Se você for tirar férias nos Estados Unidos e lá decidir fazer um curso parecido com o que fizemos é bem provável que não consiga. Demos sorte, pois fomos convidados pelo pessoal da ArmaLite e o fato de sermos policiais aqui no Brasil ajudou bastante.

Este vídeo postado em nosso canal no YouTube mostra um pouco do que aprendemos durante o curso. Infelizmente não foi possível fazer vídeos durante os treinamentos, política do professor. Mesmo assim o vídeo ficou ótimo, como tudo que é feito pelo nosso amigo Jorge Fernando da @_makefilms_.

No primeiro dia não havíamos nos preparado muito bem para o sol do deserto e mesmo usando camisa manga longa meus braços e tronco queimaram, na verdade cozinharam, já que a temperatura estava em torno dos 49°C. Nunca imaginei que pudesse existir uma temperatura como essa.

A esquerda minha esposa, Sargento Rhainna e ao centro Gabriel Araújo, CEO da SAC.

Para o segundo dia compramos roupas com proteção solar e começamos o curso as seis da manhã, para então terminarmos mais cedo e fugir do sol implacável do Arizona.

A ArmaLite, como já dito anteriormente, agora é uma empresa dirigida por um brasileiro, que nos adiantou que pretende realizar grupos de brasileiros e levá-los para a realização de treinamentos, principalmente policiais. Com certeza uma oportunidade de intercâmbio riquíssimo pode nascer dessa iniciativa.

Ao centro o professor Rigo Durazo.

Na próxima publicação sobre a ArmaLite vamos mostrar os testes realizados nas armas e equipamentos que eles produzem. Atiramos do .223 Rem ao .50 BMG, não perca as imagens incríveis!

Se você gostou da publicação, aproveite para se inscrever em nosso Blog. Veja também o 1911 ARMAS DE FOGO em outras mídias sociais.

Instagram:

https://www.instagram.com/1911armasdefogo

Facebook:

https://www.facebook.com/1911armasdefogo

Youtube:

https://www.youtube.com/channel/UCiUp1MCDV-mV9lU0RBAvxSw

Muito obrigado a todos!

Major Bruno.

%d blogueiros gostam disto: