O carregador é uma das partes mais importantes de uma arma de fogo automática ou semiautomática, pois é ele que acondiciona as munições que serão usadas na arma. Temos vários tipos de carregadores, mas iremos tratar de um tipo específico nesta publicação, o carregador cilíndrico, que também é chamado de carregador tambor ou da maneira carinhosa que os brasileiros adotaram de “lata de marmelada”.

Carregador cilíndrico duplo de pistola.

No video abaixo, temos um carregador cilíndrico de um AK 74, que é a versão mais moderna do AK 47. Este tipo de carregador é chamado em inglês de Drum Magazine e possui modelos para pistolas, fuzis, submetralhadoras e ​metralhadoras em calibres pesados e em várias quantidades de munições (50, 100, 150 e 1000 ou mais).

Uma arma muito famosa e que sempre aparece usando um carregador tambor é a submetralhadora Thompson (aquela do gangster americano Al Capone). Ela calca o calibre .45ACP e que costumava não funcionar bem com esse tipo de carregador.

Os carregadores cilíndricos atuais são bem produzidos e confiáveis. Atualmente este tipo de carregador está sendo muito usado nas pistolas Glock, que com um pequeno ajuste, passa a trabalhar no regime de tiro automático.

Abaixo temos o canhão rotativo de 20mm, M61A1 que também tem um carregador tipo tambor.

Nesta foto temos uma carabina M4 usando um carregador tambor Beta C-Mag de 100 munições.

Neste ótimo vídeo do canal FPS Russian, ele atira com a espingarda Gauge 12 AA12, que é automática e usa carregadores cilíndricos. Esta arma deve ser um sonho. Pelo menos podemos sonhar!

É para finalizar trazemos um AK74 – versão mais moderna do AK 47 – trabalhando com um carregador tambor de 100 munições. Coisa linda de se ver!

Se você gostou do conteúdo, compartilhe com seu irmão de armas e inscreva-se no Blog para receber em primeira mão nossas publicações.
Veja também o 1911 no Instagram http://www.instagram.com/1911armasdefogo/

No Facebook http://www.facebook.com/1911armasdefogo/

Obrigado a todos!