A problemática que cerca as armas de fogo, vender ou não vender, ter ou não ter, usar ou não usar, não é exclusividade do Brasil. Está temática ética e até mesmo moral envolve a nação global e levanta polêmicas e discursos inflamados a favor e contra as armas de fogo.

Encontramos perdidos entre os milhares vídeos sobre armas de fogo no YouTube, um documentário chamado “Comerciantes de Armas”, que tenta mostrar um pouco desta polêmica.

Este documentário serve perfeitamente para aqueles que gostam de aprofundar um pouco nos temas que envolve as arma de fogo. De um lado mostra a uma fábrica de armas, a FN, que gera milhares de empregos e sustenta toda uma cidade Belga, mas mostra a outra extremidade, onde as armas matam e mutilam no Congo ou na Líbia, servindo de meio material para as atrocidades de rebeldes extremistas ou ditadores ensandecidos, como o Muammar al-Gaddafi.

“Comerciantes de Armas” fala da Fabrique Nationale de Herstal, normalmente abreviado para Fabrique Nationale ou simplesmente FN, que é uma empresa belga fabricante de armas de fogo, localizada em Herstal. A FN é uma subsidiária do Grupo Herstal, também proprietário do U.S. Repeating Arms Company, ou mais comumente conhecida como Winchester e da Browning Arms Company, que são duas das mais renomadas e maiores fabricantes de armas dos Estados Unidos da América, que é o maior produtor de armas do mundo.

fachada FN

As armas produzidas pela FN Herstal são usadas pelas forças armada de mais de 100 países. Para nós brasileiros a FN é muito conhecida, pois o fuzil mais usado no Brasil, o FAL (Fuzil e Assalto Leve), é um projeto comprado desta empresa e aqui reproduzido, com as nossas limitações, pois o fuzil original da FN, que já não é mais produzido por lá, é muito superior ao aqui fabricado.

FAL 7,62mm da IMBEL

FAL 7,62mm da IMBEL

A FN produz armas de ponta e mundialmente bem conceituadas como a sua pistola Five Seven e o fuzil P90, que possuem o calibre exclusivo 5,7x28mm,

para as duas armas. Isso mesmo, você usar o mesmo calibre na pistola e no fuzil e a pistola é conhecida como “fura colete”, pois possui alto poder de transfixação e alta transmissão de energia. Alguns países proíbem a comercialização dessa pistola da FN por causa de seu poder destrutivo.

Fuzil FS2000 da FN.

Fuzil FS2000 da FN.

Pistola Five Seven da FN.

Pistola Five Seven da FN.

Encontramos uma infinidade de vídeos que mostram a Five Seven em ação, inclusive perfurando coletes. O vídeo abaixo mostra de maneira bem simples a arma a munição e ela trabalhando.

Como o documentário é sobre comerciantes de armas, não havia como não chegar na história de Viktor Anatolyevich Bout, conhecido como o  “Mercador da Morte”, e tido como o maior traficante de armas do mundo. Este homem foi a personagem que inspirou o famoso filme “Senhor das Armas” (2005), estrelado por Nícolas Cage.

Bout era um ex-militar soviético e comprou aviões Antonov da antiga União Soviética, formando uma próspera empresa de aviação que entregava armas para o mundo todo, mas principalmente para a África e Oriente Médio durante os anos 1990 e início de 2000.

Avião Antonov AN-225.

Avião Antonov AN-225.

Viktor Bout foi preso em um hotel de luxo em Bancoc em março de 2008, após uma operação entre EUA e Tailândia que simulou uma tentativa de compra de armamento por um falso integrante das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia). Os EUA queriam que ele fosse extraditado, e enquanto a primeira tentativa falhou, uma segunda tentativa foi bem-sucedida. Bout agora vai enfrentar acusações em um tribunal dos EUA. A decisão de Bancoc pela extradição foi precedida de intensas pressões diplomáticas tanto dos EUA como da Rússia, que queria a volta do ex-ofical soviético a Moscou.

Viktor Anatolyevich Bout, o Mercador da Morte.

Viktor Anatolyevich Bout, o Mercador da Morte.

A lei nacional não proíbe que um cidadão possa ter sua arma de fogo, seja para a posse em sua casa ou estabelecimento comercial, ou para o porte, situação que, teoricamente o cidadão manteria sua arma de fogo junto a ele em quase todos os ambientes.

Inclusive o povo brasileiro no ano de 2005, confirmou sua vontade de possuir sua arma de fogo, em um Referendo sobre o desarmamento compulsório da população ou não. Os brasileiros decidiram com 63,94%, contra 36.06%, que não abriam mão de possuir uma arma de fogo.

Mas a realidade hoje é outra. Você cidadão pode ter uma arma, pois a lei lhe garante, mas você não conseguirá possuí-la. O porte ou posse de uma arma de fogo é protegido por lei, mas deve ser apreciado previamente pela Polícia Federal (DPF), que é o órgão que decide se você realmente necessita ou não de uma arma de fogo.

E o que vemos é uma quantidade muito grande de pessoas que ingressam com os processos para tentar conseguir uma arma de fogo, que é caro, longo e difícil, mas ao final tem o seu pedido negado. Não importa se o solicitante seja um advogado criminalistas, empresários ou simplesmente um cidadão querendo ter um meio de proteção para sua família. Em regra ninguém consegue a autorização do DPF para possuir portar uma arma de fogo.

Se você gostou do conteúdo, compartilhe com seu irmão de armas e inscreva-se no Blog para receber em primeira mão nossas publicações.

TKS DOBRADO. 

Major Bruno.