A problemática que cerca as armas de fogo, vender ou não vender, ter ou não ter, usar ou não usar, não é exclusividade do Brasil. Está temática ética e até mesmo moral envolve a nação global e levanta polêmicas e discursos inflamados a favor e contra as armas de fogo.

Encontramos perdidos entre os milhares vídeos sobre armas de fogo no YouTube, um documentário chamado “Comerciantes de Armas”, que tenta mostrar um pouco desta polêmica.

Este documentário serve perfeitamente para aqueles que gostam de aprofundar um pouco nos temas que envolve as arma de fogo. De um lado mostra a uma fábrica de armas, a FN, que gera milhares de empregos e sustenta toda uma cidade Belga, mas mostra a outra extremidade, onde as armas matam e mutilam no Congo ou na Líbia, servindo de meio material para as atrocidades de rebeldes extremistas ou ditadores ensandecidos, como o Muammar al-Gaddafi.

“Comerciantes de Armas” fala da Fabrique Nationale de Herstal, normalmente abreviado para Fabrique Nationale ou simplesmente FN, que é uma empresa belga fabricante de armas de fogo, localizada em Herstal. A FN é uma subsidiária do Grupo Herstal, também proprietário do U.S. Repeating Arms Company, ou mais comumente conhecida como Winchester e da Browning Arms Company, que são duas das mais renomadas e maiores fabricantes de armas dos Estados Unidos da América, que é o maior produtor de armas do mundo.

fachada FN

As armas produzidas pela FN Herstal são usadas pelas forças armada de mais de 100 países. Para nós brasileiros a FN é muito conhecida, pois o fuzil mais usado no Brasil, o FAL (Fuzil e Assalto Leve), é um projeto comprado desta empresa e aqui reproduzido, com as nossas limitações, pois o fuzil original da FN, que já não é mais produzido por lá, é muito superior ao aqui fabricado.

FAL 7,62mm da IMBEL

FAL 7,62mm da IMBEL

A FN produz armas de ponta e mundialmente bem conceituadas como a sua pistola Five Seven e o fuzil P90, que possuem o calibre exclusivo 5,7x28mm, Mais